João Pessoa, -  

  

 

 

BEATA ELISABETE DA TRINDADE

“Amar é tão simples, pois é o abandono a todas as vontades às do Mestre, como Ele se abandonou àquelas do Pai.”

“Às vezes imaginam que no claustro não se sabe mais amar, mas é justamente o contrário! Da minha parte, nunca tive mais afeto do que agora; parece-me que meu coração se dilatou.”

“Tudo é delicioso no Carmelo: encontra-se o bom Deus tanto na lavanderia como na oração. Ele se encontra por toda parte! Vivemo-lo, respiramo-lo.”

“Muitas vezes uma boa palavra, murmurada a propósito pode fazer tanto bem...”

“A morte nos golpeia no momento em que menos a esperamos. O próprio Deus o disse. Quantas mortes repentinas! Amanhã, esta noite, será que a morte nos poupará como fez hoje?”

“A vida podemos resumi-la da seguinte maneira: muitas dores, muitas lágrimas, muitas ilusões, a esperança de uma felicidade sempre esperada e jamais alcançada. Apegamo-nos, contudo, a esta vida. Que loucura!”

“Como é difícil suportar os diferente temperamentos! Um santo afirmou que isto constitui a flor da caridade.”

“Devemos assistir à Santa Missa com os sentimentos iguais aos que teríamos tido em nosso coração no Calvário.”

“ A Eucaristia é a plenitude transbordante do amor divino. Nela Jesus não nos dá apenas os seus méritos e as suas dores, mas totalmente a Si mesmo.”

“Como é belo rezar um pelo outro, marcar um colóquio junto ao Bom Deus, onde não existem mais nem distância nem separação.”

“Também no meio do mundo podemos ouvir a voz de Deus no silêncio de um coração que só quer ser dele.”

“Que importa o sentimento? Talvez Deus esteja mais perto quando menos sentimos. É aqui, no fundo da alma, que gosto de procurá-lo. Preocupemo-nos em não deixá-lo jamais sozinho, e que a nossa vida seja uma contínua oração.”

“Deus é o princípio e o vínculo indissolúvel de toda amizade verdadeira e profunda.”

“Se somos fiéis na vivência da vida do Cristo, se nos identificamos com todos os impulsos da alma do crucificado, com toda simplicidade, então não temos mais nenhum motivo para temer nossas fraquezas, porquanto Ele será nossa força e ninguém poderá separar-nos dele.”

“Nosso lema deve ser estas palavras de S. Paulo: Nossa vida está escondida com Cristo em Deus.”

“Nunca estou sozinha: meu Cristo está aqui, sempre orando dentro de mim, e eu me uno à sua oração.”

“Jesus continua sempre vivo. Vivo no adorável Sacramento do tabernáculo, vivo em nossas almas... porque vive em nós, façamos-lhe companhia como o amigo faz com o amigo!”

“Uma alma unida a Jesus é um sorriso vivo que o reflete e expande.”

“Peçamos a Jesus que nos torne autênticos no amor, isto e que nos transforme em vítimas de sacrifício, porque me parece que o sacrifício não é outra coisa senão o amor traduzido em ação.”

“Toda circunstância, todo acontecimento, todo sofrimento, como toda alegria, é um sacramento que Deus nos outorga.”

“Que o amor seja o seu claustro, então encontrarás a solidão no meio dos ruídos e da multidão.”

“Nesta derradeira hora de meu exílio, nesta bela noite da minha vida, como tudo me aparece em sua importância à luz que vem da eternidade.”

Imprimir

topo

 

 

www.fraternidadeOblatos.com - Todos os direitos reservados