João Pessoa, -  

  

 

 

SANTA TERESA MARGARIDA DO CORAÇÃO DE JESUS (REDDI)

“A arte do amor é dar amor por amor.”

“Não nos perturbe qualquer disposição em que Deus nos coloque, mas deixemos que Ele aja, unindo-nos às suas santas intenções.”

“Deus pensa diversamente de como pensamos nós.”

“Deus está sempre presente em nós e sempre pensa em nos beneficiar.”

“O amor de Deus mova sempre os nossos passos, nossas palavras, obras e pensamentos, triunfando assim o seu amor sobre nossas almas, tudo nos será fácil e seremos santos.”

“Exponhamos a Deus as nossas necessidades, não querendo outra coisa senão o que Ele quer.”

“Confio nos méritos de meu Jesus, grandes que sejam as minhas loucuras, e conhecendo meu erro, procuro começar de novo.”

“Tudo se pode com Jesus.”

“Que bela coisa pedir a quem tem tanta vontade de dar-nos.”

“Que motivo existe para temer, se Deus prometeu ouvir-nos cada vez que recorremos a Ele?

“Chamando Deus com o nome de pai e ainda mais, de bom papai, cheio de amor e de piedade, sinto confortada minha extrema miséria e indignidade e me sinto encorajada a aproximar-me de sua infinita majestade.”

“Não deixar jamais em nenhuma ocasião, nem grande nem pequena, de exercitar, a qualquer custo, para alívio de alguém, a bela virtude da caridade.”

“Nos momentos de maior cansaço e abatimento, eu imagino ao meu lado Jesus, no ato de cair sob o peso da cruz, como se , abandonado por todos, me convidasse a socorrê-lo. Este pensamento me tira qualquer cansaço e me dá coragem imensa para superar a mim mesma.”

“Quanto mais sou pobre e miserável, tanto mais sou rica em Deus.”

“Deus será tanto mais glorioso na sua misericórdia, quanto mais eu sou vil e desprezada no meu nada, nos meus pecados e nas minhas fraquezas.”

“Senhor, quero viver de confiança em Vós.”

“Olhos na terra e o coração em Deus.”

“Nada fazer com fúria ou inquietação.”

“Quando não se encontra remédio para as coisas, as melhores coisas são o silêncio e a oração.”

“O meio de conservar a paz é não ter mais vontade, e no lugar da nossa colocar a do divino coração e deixar que ela queira para nós aquilo que será para Ele mais glorioso, contentando-nos em submeter-nos e abandonar-nos.”

Imprimir

topo

 

 

www.fraternidadeOblatos.com - Todos os direitos reservados